Tenista Kyrgios é afastado por oito semanas após má conduta no Aberto de Xangai

segunda-feira, 17 de outubro de 2016 12:05 BRST
 

(Reuters) - O tenista "bad boy" Nick Kyrgios foi proibido de disputar oito semanas de torneios devido à sua conduta no Aberto de Xangai na semana passada, informou a Associação de Tenistas Profissionais (ATP), entidade encarregada das competições masculinas, nesta segunda-feira.

"A suspensão será reduzida a três semanas de torneios mediante o acordo de que o jogador irá realizar um plano de tratamento sob a direção de um psicólogo esportivo", informou a ATP em comunicado.

O volátil tenista australiano de 21 anos ainda recebeu uma multa de 25 mil dólares por "conduta contrária à integridade do esporte", o que pode mantê-lo fora de ação até meados de janeiro.

A Associação de Tênis da Austrália (TA) disse que Kyrgios, que emitiu um comunicado nesta segunda-feira se desculpando por seu comportamento, concordou em procurar ajuda profissional, o que pode permitir sua volta às competições em 7 de novembro.

"Nick entende a gravidade de suas ações, mostrou arrependimento e expressou a disposição de melhorar", disse a TA em um comunicado.

O tenista talentoso, mas temperamental, foi derrotado por Mischa Zverev em parciais de 6-3 e 6-1 em uma partida da segunda rodada do Aberto de Xangai, durante a qual fez vários saques com displicência e pareceu sair de quadra antes de o adversário alemão ter devolvido uma de suas bolas.

Kyrgios também se desentendeu com um espectador e saiu de quadra sob vaias. A ATP o multou em 16.500 dólares na quinta-feira.

 
Nick Kyrgios durante partida no Aberto do Japão, em Tóquio.    09/10/2016        REUTERS/Kim Kyung-Hoon