11 de Agosto de 2017 / às 18:42 / 5 dias atrás

Cortejado pelo Barça, Coutinho pede transferência do Liverpool

Philippe Coutinho comemora gol marcado pelo Liverpool 21/05/2017 Action Images viaCarl Recine

LONDRES/BARCELONA (Reuters) - Cortejado pelo Barcelona, Philippe Coutinho entregou um pedido de transferência formal ao Liverpool, desafiando a insistência do clube do Campeonato Inglês de que não irá liberá-lo, noticiou um jornal britânico nesta sexta-feira.

Depois de relatos de que o Liverpool rejeitou uma segunda oferta de 100 milhões de euros do Barça, que já havia tido uma oferta de 80 milhões de euros pelo meio-campista de 25 anos descartada no mês passado, o Fenway Sports Group, proprietário do time inglês, emitiu um comunicado.

"Queremos oferecer um esclarecimento quanto à nossa posição sobre uma possível transferência de Philippe Coutinho", disse o comunicado do grupo no site oficial do Liverpool (www.liverpoolfc.com).

"A postura definitiva do clube é que nenhuma oferta por Philippe será cogitada e que ele permanecerá um membro do Liverpool Football Club quando a janela de transferência do verão fechar."

Mas pouco depois o Liverpool Echo noticiou que Coutinho enviou um email ao diretor de esportes do Liverpool, Michael Edwards, expressando seu desejo de mudar de time.

O Liverpool não respondeu a um pedido de comentário.

Ao emitir o comunicado, o clube esperava ter adotado uma postura rígida suficiente para encerrar o assunto da transferência.

No lugar disso, endureceu o discurso menos de 24 horas antes de seu jogo de estreia na liga inglesa contra o Watford, do qual o técnico Juergen Klopp dispensou o brasileiro devido a uma lesão.

Para muitos em Merseyside esse cenário é sinistramente familiar, já que Fernando Torres, Javier Mascherano, Xabi Alonso, Luis Suárez e Raheem Sterling partiram quando o time esperava que eles ficassem.

Desta vez, o Fenway e Klopp investiram capital pessoal para demover Coutinho e o Barcelona.

Aproximadamente na mesma ocasião em que Coutinho preparava seu email, Klopp estava dizendo: "O Liverpool não é um clube que precisa vender. Isso está gravado na rocha... (não há) nenhum preço diante do qual estejamos dispostos a ceder".

O teste desta afirmação virá nas próximas duas semanas, mas o Liverpool sabe que, mesmo que o Barcelona volte com uma terceira proposta ultrapassando os 100 milhões de euros, provavelmente é tarde demais para a equipe gastar o dinheiro sensatamente.

O Liverpool já fracassou na tentativa de conquistar seus dois alvos principais na janela de transferência, Naby Keita e Virgil van Dijk. Tentar atrair um substituto comparável para Coutinho, artilheiro do time na última campanha com 14 gols, deve ser ainda mais difícil.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below