Valentino Rossi ignora médicos e deixa hospital após acidente na MotoGP

segunda-feira, 29 de setembro de 2014 09:15 BRT
 

(Reuters) - Valentino Rossi contrariou as recomendações médicas para continuar se recuperando de uma concussão no hospital e deixou o local por conta própria.

O piloto da Yamaha, de 35 anos e nove vezes campeão do mundo em diferentes categorias do motociclismo, foi levado ao hospital após sofrer um acidente na corrida de domingo no circuito espanhol de Motorland Aragón, vencida pelo espanhol Jorge Lorenzo.

Rossi tuitou uma foto dele próprio dizendo que estava bem, apesar da "dor de cabeça".

"Valentino está progredindo muito vem. No hospital de Alcañiz, o exame de tomografia computadorizada foi negativo e, apesar de o médico querer mantê-lo no hospital durante a noite, Valentino decidiu se dar alta", disse o diretor médico da MotoGP, Michele Zasa, em comunicado divulgado pela equipe Yamaha.

"Do ponto de vista neurológico, ele está completamente recuperado e agora está bem e vamos continuar cuidando dele, e esperamos que amanhã tudo esteja bem", acrescentou.

Com quatro corridas faltando para o fim da temporada, Rossi briga com Dani Pedrosa, da Honda, pelo segundo lugar do campeonato, que é liderado com folga por Marc Márquez.

A próxima corrida será no Japão, em duas semanas.

(Reportagem de Ian Ransom)

 
Piloto da Yamaha Valentino Rossi no circuito de Aragón, na Espanha, em Alcañiz. REUTERS/Albert Gea