Sebastian Vettel deixará a Red Bull e deve ir para a Ferrari

sábado, 4 de outubro de 2014 10:41 BRT
 

SUZUKA (Reuters) - A Red Bull soltou uma bomba no paddock da Fórmula 1 neste sábado, informando que o tetracampeão mundial Sebastian Vettel está saindo ao final da temporada e indo para a Ferrari.

Com o esporte já abraçado por um tufão no Grande Prêmio do Japão, o anúncio da Red Bull causou um terremoto no esporte, enquanto as implicações começavam a ser assimiladas.

"Sebastian Vettel nos avisou que está deixando a Red Bull ao final da temporada 2014", disse a atual campeã de construtores em um comunicado. 

"Queremos agradecer Sebastian por um papel incrível na Red Bull nos últimos seis anos."

O chefe da equipe Christian Horner disse que o piloto de 27 anos está indo para a Ferrari, apesar de não haver confirmação disso na equipe italiana, cujo chefe Marco Mattiacci permaneceu lacônico. 

Ao mesmo tempo, a Red Bull foi rápida para preencher a vaga com o novato russo de 20 anos Daniil Kvyat, da Toro Rosso, que será o companheiro do australiano Daniel Ricciardo no ano que vem.

Vettel, que fez parte da 'família' da Red Bull por 15 anos, disse que foi um "dia difícil e uma decisão difícil" e não foi tomada porque não gostava mais da equipe.

"Tivemos uma trajetória incrível, os últimos cinco ou seis anos. Obviamente, este ano não foi da maneira que esperávamos, mas faz parte das corridas, parte da vida", disse à emissora de televisão Sky. 

"Estou deixando um lugar muito feliz, mas em certo ponto da vida, você sente que precisa de alguma coisa nova. Essa voz continuou crescendo e me levou a decidir deixar a Red Bull e começar um novo capítulo."   Continuação...