10 de Outubro de 2014 / às 17:48 / em 3 anos

Neymar brinca e diz que Messi pode fazer gols, desde que Brasil vença

Neymar (C) participa de treino do Brasil em Pequim nesta sexta-feira. REUTERS/Jason Lee

(Reuters) - O atacante Neymar, companheiro de Lionel Messi no Barcelona, reconheceu sua admiração pelo camisa 10 da Argentina, que será seu adversário no amistoso de sábado na China, mas acredita que o Brasil, mesmo em fase de reconstrução, é capaz de superar o rival.

Nesta temporada, Neymar e Messi têm mostrado bom entrosamento no Campeonato Espanhol, com belas jogadas, trocas de passes e gols.

“Tenho brincado muito com ele. A gente brinca pela amizade. Falei para ele que ele pode fazer dois, três gols, mas nós vamos ganhar ...nos entendemos cada vez mais”, afirmou Neymar a jornalistas nesta sexta-feira.

O atacante brasileiro “torce” para que o companheiro de Barcelona não toque na bola. Para Neymar, essa é a única maneira de parar o ídolo argentino, eleito quatro vezes o melhor jogador do mundo, mas que perdeu a premiação para Cristiano Ronaldo no último ano.

“Jogar ao lado do Messi é grande honra; para mim ele é o melhor do mundo, e jogar contra não é agradável”, avaliou.

“O  Messi me impressiona em tudo, por jogadas, assistências, gols...vou torcer para ele não estar num dia bom e não tocar na bola; aí a gente vence o jogo”, completou o camisa 10 do Brasil.

Apesar de a Argentina ser a atual vice-campeã do mundo e ter o craque Messi, Neymar não acredita em favoritismo dos rivais no sábado, em Pequim.

“Eles são uma equipe há bom tempo e a nossa se reformulando. São duas grandes seleções; esperamos grande jogo e esperamos vencer”, disse.

Na Copa do Mundo, Neymar tinha o criticado Fred como companheiro de ataque, mas sob o comando de Dunga, que voltou à seleção em julho, terá ao seu lado Diego Tardelli, que tem como principal marca a mobilidade e a velocidade.

“Tardelli é um craque, faz muita movimentação, não para, e isso ajuda muito quem vem de trás. Estamos nos entendendo muito bem”, finalizou Neymar.

Por Rodrigo Viga Gaier, no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below