Moldávia comemora empate surpreendente contra a Rússia em Moscou

domingo, 12 de outubro de 2014 17:55 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A campanha 100% da seleção russa jogando em casa sob o comando do treinador Fabio Capello chegou ao fim neste domingo em Moscou, após um empate surpreendente com a Moldávia em 1 x 1 em partida do Grupo G das Eliminatórias da Eurocopa 2016.

Após seis vitórias em solo russo nos últimos dois anos, os jogadores comandados pelo técnico italiano pareciam rumar para mais um resultado positivo quando Artem Dzyuba, aos 28 minutos da segunda etapa, sofreu um pênalti que ele mesmo converteu, fazendo valer a supremacia russa na partida.

Mas um minuto mais tarde, a seleção da Moldávia empatou com o capitão Alexandru Epureanu escorando de cabeça após escanteio cobrado por Dedov, fazendo com que o time visitante, que ocupa a modesta 82º colocação no ranking da Fifa, deixasse o campo saboreando um empate com sabor de vitória.

A intenção de Capello de escalar um time misto contra um oponente mais fraco, fazendo seis mudanças em relação à equipe que empatou com a Suécia em 1 x 1 na quinta-feira, se mostrou mal sucedida.

Comandada pelo treinador Alexander Kurteyan, a seleção da Moldávia, contando com cinco jogadores que atuam no futebol russo, entrou em campo com cinco defensores e não teve problemas para parar a dupla de atacantes russos, Aleksandr Kerzhakov e Dzyuba, apesar da seleção da casa dominar a posse de bola.

No primeiro tempo, a Rússia criou apenas uma oportunidade clara, desperdiçada aos 15 minutos pelo meia Denis Cherysev, mas a Moldávia também chegou com Alexandru Gatcan pouco antes do fim do intervalo.

Na segunda etapa, Denis Glushakov e Alan Dzagoev perderam chances para a Rússia, antes de Dzyuba abrir o placar na Otkrytie Arena.

O empate surpreendente da Moldávia deixa a equipe de Capello em segundo lugar no grupo, dois pontos atrás da Áustria, que venceu Montenegro por 1 x 0 em casa.

(Reportagem de Dmitriy Rogovitskiy)