Escolha da Pirelli para pneus do GP Brasil é inaceitável, diz Massa

terça-feira, 14 de outubro de 2014 10:13 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O piloto da Williams Felipe Massa disse que a escolha de pneus da Pirelli para a prova de Fórmula 1 no Brasil no mês que vem é “muito perigosa”.

A companhia italiana anunciou na semana passada que utilizaria seus dois compostos mais duros em Interlagos --os pneus duros e médios-- devido à demanda do circuito paulistano.

“Perigoso, muito perigoso”, disse Massa a repórteres quando questionado no Grande Prêmio de Rússia do fim de semana sua opinião sobre a escolha da Pirelli.

“Não faço ideia por que escolheram médio e duro, é completamente inaceitável”, acrescentou.

O único piloto brasileiro atualmente na Fórmula 1 disse que a corrida pode ser realizada com pista molhada, e que um pneu duro não fornece aderência suficiente caso seja preciso arriscar com pneus secos.

Massa, cujas preocupações com segurança foram reafirmadas após o terrível acidente sofrido por seu amigo e colega de profissão Jules Bianchi no Japão neste mês, também disse que a pista havia sido reformada, o que poderia causar problemas adicionais.

“Eu já falei com a maioria dos pilotos, eu falei com a FIA, eu falei com todo mundo, então fazer mais do que eu fiz é difícil”, disse o brasileiro. “Vamos esperar e ver."

O chefe da Pirelli, Paul Hembery, ficou confuso com os comentários de Massa, apontando que o pneu duro havia sido utilizado anteriormente em Interlagos, evento que sedia a penúltima corrida da temporada.   Continuação...

 
Piloto da Williams Felipe Massa em entrevista coletiva, em foto de arquivo. 02/10/2014 REUTERS/Toru Hanai