Thiago Silva volta, mas Dunga vai manter Neymar como capitão

quinta-feira, 23 de outubro de 2014 20:18 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Capitão do Brasil na Copa do Mundo, o zagueiro Thiago Silva foi chamado pela primeira vez pelo técnico Dunga para a seleção brasileira desde o Mundial nesta quinta-feira, para os amistosos de novembro contra Turquia e Áustria, mas perderá a braçadeira.

O camisa 10 Neymar assumiu o posto de capitão a partir da volta de Dunga ao comando da equipe, e o treinador confirmou que não vai mudar essa situação, apesar do retorno do zagueiro do Paris St. Germain à seleção.

"O Neymar é o capitão. Isso já está decidido", disse Dunga, segundo o site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Em entrevista coletiva na sede da CBF, no Rio, após anunciar os 23 convocados para os próximos jogos, o treinador já havia indicado que manteria Neymar como capitão.

"O capitão vai ser sempre capitão. As coisas mudam. Quando eu cheguei na seleção me deixaram escolher os jogadores que achávamos e chegamos aqui e tomamos essa decisão", disse Dunga.

"O Thiago está voltando, e vamos conversar. Temos que ter respeito igual com todos os jogadores", acrescentou.

Além de Thiago Silva, outro jogador que está de volta à seleção é o meia-atacante Lucas, que fez parte da preparação do time para o Mundial deste ano, mas acabou fora da lista do então técnico Luiz Felipe Scolari para a Copa.

"Quanto ao Lucas, ele vai ter uma oportunidade, é o que eu tenho sempre ressaltado, os jogadores vão ser escolhidos pelo rendimento dentro de campo", afirmou.

A partida do Brasil contra os turcos será em 12 de novembro, em Istambul, e o jogo com a seleção austríaca, no dia 18, em Viena. Esses serão os dois últimos jogos da seleção brasileira em 2014.   Continuação...

 
Thiago Silva, durante partida contra a Holanda na Copa do Mundo, em Brasília. 12/7/2014 REUTERS/Ueslei Marcelino