Clubes europeus cogitam meses de abril e maio para Copa do Mundo de 2022

sexta-feira, 24 de outubro de 2014 19:08 BRST
 

BERNA (Reuters) - Os clubes europeus querem que os meses de abril e maio sejam considerados como possíveis para a realização da Copa do Mundo de 2022 no Catar.

A força tarefa da Fifa começou a debater o tema em setembro, quando os pares de meses janeiro/fevereiro e novembro/dezembro foram sugeridos além dos tradicionais junho/julho, que também estão sendo considerados.

Contudo, a Associação de Clubes Europeus (ECA, na sigla em inglês), que disse em setembro que razões "fortes e decisivas" precisam ser dadas antes de retirar o torneio do verão no hemisfério norte, disse que quer também adicionar os meses de abril e maio para a lista.

"A ECA está de fato considerando alternativas às propostas de janeiro/fevereiro e de novembro/dezembro", disse a associação em comunicado à Reuters.

"Abril/maio parece uma opção possível. A nossa proposta oficial com todos os detalhes vai ser apresentada e discutida no encontro da força-tarefa da Fifa no dia 3 de novembro."

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, excluiu a possibilidade de realizar o evento no verão, mesmo com ela seguindo na lista da força-tarefa. "Já dissemos que não podemos jogar no calor do verão no Catar", ele disse em setembro. "Temos que jogar no inverno."

O Catar recebeu o torneio de 2022 com o entendimento de que seria jogado no verão e que novas tecnologias seriam usadas para diminuir o calor nos estádios para que chegasse a uma temperatura ideal para jogar futebol.

A tecnologia foi uma parte importante na candidatura e os organizadores do Catar insistiram que era uma opção viável. A ECA está preocupada com os problemas causados pela realização de uma Copa do Mundo no inverno para o futebol dos clubes na Europa.