Chefe de aerodinâmica deixa McLaren em mudança no departamento técnico

domingo, 9 de novembro de 2014 12:41 BRST
 

Por Alan Baldwin

SÃO PAULO (Reuters) - O chefe de aerodinâmica da McLaren, Doug McKiernan, está deixando a equipe ao lado de outros colegas em uma tentativa de reforçar o departamento técnico, após mais uma temporada decepcionante.

A McLaren não vence uma corrida há quase dois anos, e o carro atual não conseguiu desafiar as dominantes Mercedes.

Em resposta a uma reportagem do site da revista italiana Omnicorse, que nomeou McKiernan como um dos 13 funcionários técnicos que foram avisados da demissão, um porta-voz disse que houve chegadas e partidas.

"Estamos trabalhando muito duro para devolver a McLaren ao lugar onde ela merece estar, bem na frente do grid", disse. "Para conquistar isso, nós revisamos cuidadosamente tudo que fizemos e recrutamos alguns talentos individuais".

"Para garantir que não houvesse duas pessoas para o mesmo papel, e que tivéssemos a pessoa certa para o trabalho certo, começamos discussões com um número pequeno de pessoas que infelizmente não tem mais um papel na nossa nova estrutura, completou".

O ex-chefe de aerodinâmica da Red Bull Peter Prodromou, que era o braço direito de Adrian Newey na equipe, voltou à McLaren, da qual era chefe de aerodinâmica até 2006.

O diretor esportivo Sam Michael já anunciou sua saída ao fim da temporada para voltar à Austrália.

A McLaren começa uma nova parceria com a Honda ano que vem e ainda não confirmou os seus pilotos, embora o bicampeão Fernando Alonso deva retornar após sua passagem pela Ferrari.