Massa admite erros no GP Brasil e fala em disputar o título em 2015

domingo, 9 de novembro de 2014 17:30 BRST
 

Por Camila Moreira

SÃO PAULO (Reuters) - Felipe Massa assumiu a responsabilidade pelos erros cometidos durante o Grande Prêmio do Brasil neste domingo e, depois de um ano em que demorou para engrenar, comemorou o terceiro lugar e chegou até mesmo a falar em disputar o título em 2015.

Em sua primeira parada nos boxes, o piloto da Williams excedeu o limite de velocidade e foi punido com cinco segundos. No terceiro, acabou entrando no espaço da McLaren, mas nem chegou a parar o carro e logo se dirigiu para os mecânicos de sua equipe, à frente.

“Foi uma pena ter perdido cinco segundos na parada dos boxes, mas depois o carro estava perfeito e consegui recuperar muito da minha corrida, ultrapassando outros pilotos. Até o momento em que parei no boxe errado. Mudaram a posição nessa corrida e acabei confundindo a cor (prata e branco) no sol e perdi mais tempo”, explicou o brasileiro.

Massa destacou que os erros puderam ser corrigidos graças ao forte desempenho de seu carro, repetindo que seu Williams esteve “perfeito”. Mas admitiu que logo no primeiro erro chegou a pensar que poderia perder o lugar no pódio, apenas o segundo na temporada.

“Achei que podia perder o pódio com os cinco segundos, fiquei muito decepcionado. Então estava pressionando, mas não podia tanto por causa dos pneus. Fiquei preocupado com o primeiro erro”, disse.

Massa conquistou sua última vitória na Fórmula 1 em 2008, em Interlagos, quando perdeu o título para Lewis Hamilton na última volta, por um ponto. Em 2014, seu primeiro ano na Williams, seus melhores resultados foram os terceiros lugares neste domingo e na Itália.

Ele está em oitavo lugar na classificação do campeonato, com 98 pontos, enquanto seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, vai melhor, em sexto com 156 pontos.

O resultado no Brasil neste domingo e a animação da torcida, entretanto, deixaram Massa tão animado que ele já fala em disputar o título no próximo ano.

“Daqui para frente espero que essa energia (da torcida faça efeito), e quem sabe possa até chegar aqui em uma boa posição e brigar pelo campeonato como aconteceu aqui em 2008”, disse ele.

 
Felipe Massa, da equipe Williams, comemora terceiro lugar no GP Brasil neste domingo.  REUTERS/Paulo Whitaker