Del Bosque nega ter ameaçado vagas de Diego Costa e Fàbregas na seleção espanhola

segunda-feira, 17 de novembro de 2014 13:57 BRST
 

Por Tim Hanlon

BARCELONA (Reuters) - O técnico da seleção da Espanha, Vicente del Bosque, negou nesta segunda-feira que tenha ameaçado os lesionados Diego Costa e Cesc Fàbregas ao dizer que será difícil para a dupla recuperar vaga na equipe.

O zagueiro Sergio Ramos provocou tensão na semana passada ao fazer comentários sobre o comprometimento de certos jogadores com a seleção, que foram vistos por alguns como uma crítica direta a Costa e Fàbregas.

Os dois jogadores do Chelsea ficaram fora da seleção da Espanha que enfrentou Belarus no sábado pelas eliminatórias da Eurocopa de 2016 e que jogará um amistoso com a Alemanha na terça-feira.

Após a vitória por 3 x 0 sobre Belarus, Del Bosque disse que Costa e Fàbregas não voltarão de forma automática ao time quando estiverem recuperados, mas o técnico esclareceu sua declaração nesta segunda-feira, afirmando que queria dizer apenas que há uma competição forte por vagas na renovada seleção espanhola.

"Eu disse que quando alguém entra e vai bem, então outro que quiser a vaga vai ter mais dificuldade", disse Del Bosque em entrevista coletiva.

"Se eu digo que Diego Costa e Cesc podem ter dificuldade para jogar, não estou ameaçando, nem é uma forma de vingança ou uma reprimenda a alguém. Simplesmente reflete um fato que todo mundo sabe no futebol - se alguém não joga e seu substituto vai bem, o outro terá que ir melhor para poder voltar a jogar."

Segundo Del Bosque, a Espanha -que não conseguiu passar da primeira fase na Copa do Mundo deste ano no Brasil- está no caminho certo para se levantar novamente.

A vitória sobre Belarus levou o time a nove pontos em quatro jogos no Grupo C, três pontos atrás da líder Eslováquia.

"Foi uma vitória importante, em que jogamos bem em alguns momentos, especialmente no primeiro tempo", disse.

Sobre o jogo com a Alemanha, atual campeã do mundo, Del Bosque afirmou: "Em um jogo como esse não há muito diferença entre um amistoso e uma partida oficial. Eles querem manter seu alto nível e nós queremos continuar no bom ritmo que estamos desde a Copa do Mundo e aumentar a nossa confiança."

 
Técnico da seleção da Espanha, Vicente del Bosque, em entrevista coletiva no estádio Nuevo Colombino, em Huelva. 14/11/2014  REUTERS/Marcelo del Pozo