Pai de Messi minimiza comentários do filho sobre saída do Barcelona

quarta-feira, 19 de novembro de 2014 20:32 BRST
 

BARCELONA (Reuters) - O pai de Lionel Messi, Jorge, procurou minimizar comentários do seu filho nesta semana que sugeriram que o atacante argentino poderia estar considerando deixar o Barcelona.

Lionel Messi disse em uma entrevista publicada no jornal Olé na terça-feira que, por ele, ficaria no clube onde chegou aos 13 anos por toda a sua carreira. No entanto, acrescentou que "às vezes nem tudo acontece da maneira que você gostaria" e disse que a situação era "complicada".

"O pensamento é ficar aqui (no Barcelona)", afirmou Jorge Messi, segundo o jornal espanhol La Vanguardia nesta quarta-feira. "Mas, como as pessoas leem nas entrelinhas, há exagero", acrescentou.

"É claro que, se amanhã o clube afirmar para você 'temos essa oferta, queremos vendê-lo', teria que ser estudado. Embora agora isso não esteja nem mesmo na agenda."

Messi, quatro vezes eleito o melhor jogador do mundo, não tem brilhado tanto nos últimos 18 meses e, junto com seu pai, também enfrenta problemas com as autoridades tributárias da Espanha.

Com 27 anos, Messi provavelmente tem ao menos mais cinco anos de futebol entre os melhores do mundo, e se receber uma oferta considerada adequada, que provavelmente quebraria o recorde mundial de 100 milhões de euros, ele não considera inconcebível deixar o Barcelona.

O Barcelona está atualmente em segundo lugar no Campeonato Espanhol, dois pontos atrás do Real Madrid, após 11 jogos, e se classificou de forma antecipada para a fase de mata-mata da Liga dos Campeões.

(Por Iain Rogers)

 
O jogador Lionel Messi, da Argentina, durante amistoso com Croácia, em Londres, na semana passada. 12/11/2014 REUTERS/Eddie Keogh