Caterham mantém esperança de encontrar comprador e voltar a correr

terça-feira, 25 de novembro de 2014 11:10 BRST
 

Por Alan Baldwin

ABU DHABI (Reuters) - A Caterham está convensando com um comprador em potencial que poderia fazer a combalida equipe de Fórmula 1 voltar a correr, de acordo com o administrador Finbarr O'Connell.

"O grande elefante na sala continua sendo o comprador, mas realmente estou conversando com alguém que gostaria de assumir (a empresa) no próximo mês”, afirmou o irlandês depois do Grande Prêmio de Abu Dhabi, que encerrou a temporada.

A Caterham participou da prova, mesmo depois de sofrer uma intervenção e se ausentar das duas corridas anteriores, graças ao dinheiro arrecadado em um site de financiamento coletivo, no qual muitos torcedores comuns contribuíram.

“Eles gostariam de assumir com as mesmas pessoas, com a mesma equipe e com a mesma infraestrutura, e esse seria um desfecho de sonho para mim. Seria absolutamente fantástico”, afirmou O'Connell.

“Trata-se de alguém que sente o mesmo que eu, que se não fizermos algo logo a equipe irá se desmanchar. Se funcionar, e é uma pessoa que tem credibilidade com apoiadores que tem credibilidade, será a melhor solução”.

O administrador não quis mencionar a parte interessada, mas disse ser alguém “que tem laços com a Fórmula 1”.

“Quando se fala com gente que não tem nenhum envolvimento com a Fórmula 1 não sabemos do que se trata, acrescenta um fator de risco enorme”, afirmou. “Mas se trata de alguém que realmente conhece a Fórmula 1, e que quer fazer isso”.

“Se for sério e for adiante, iremos anunciar as coisas assim que pudermos”, afirmou.

A Caterham interrompeu os trabalhos em seu carro para 2015 no mês passado e seu pessoal foi demitido. A escuderia levou cerca de 40 pessoas como consultores a Abu Dhabi para cuidar dos carros usados pelo japonês Kamui Kobayashi e pelo novato britânico Will Stevens.

 
Mecânicos da equipe Caterham durante o GP da Rússia de Fórmula 1, em Sochi. 10/10/2014 REUTERS/Maxim Shemetov