Pelé está em UTI e recebe tratamento de suporte renal, diz hospital

quinta-feira, 27 de novembro de 2014 22:04 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O ex-jogador Pelé está internado na unidade de terapia intensiva de um hospital em São Paulo e passa por um tratamento de suporte renal, mas apresentou melhora de sua condição clínica, segundo boletim médico divulgado na noite desta quinta-feira.

"(Pelé) apresenta melhora de sua condição clínica e seguirá sob cuidados na unidade de terapia intensiva. Agora está temporariamente em tratamento de suporte renal, sem necessidade de outras terapias de suporte", disse o Hospital Albert Einstein em comunicado.

No início da tarde, outro boletim médico informou que Pelé estava em uma unidade de cuidados especiais e apresentava "instabilidade clínica". Uma porta-voz do hospital não soube dar mais detalhes sobre a mudança do local de tratamento.

O tricampeão mundial com a seleção brasileira foi internado na segunda-feira e exames detectaram uma infecção urinária. Ele estava sendo tratado com antibióticos.

Em declarações no Twitter, em inglês, Pelé afirmou que "está bem", que não está na UTI, mas em uma unidade especial para ter "privacidade" e continuar seu "tratamento e recuperação em paz".

"Sou abençoado por receber amor e apoio, e graças a Deus não é nada sério. Estou ansioso em passar os próximos feriados com minha família e vou iniciar o próximo ano com saúde renovada", disse o ex-jogador.

O assessor pessoal de Pelé, José Fornos Rodrigues, conhecido como Pepito, garantiu à Reuters no começo da tarde que o ex-jogador estava bem e que a transferência dele para outra unidade tinha o objetivo principal de proteger sua privacidade. Ele não atendeu a ligações da Reuters na noite desta quinta-feira.

Pelé já havia sido internado no mesmo hospital em 12 de novembro com dores abdominais e passou por uma cirurgia para a retirada de cálculos no rim, uretra e vesícula, que dificultavam seu fluxo urinário. Ele recebeu alta no dia 15.

Há dois anos, o ex-jogador de 74 anos, campeão mundial com o Brasil em 1958, 1962 e 1970, passou por uma cirurgia no quadril.

(Reportagem de Tatiana Ramil)

 
Pelé participa de evento da Fifa em Paris. 10/03/2014 REUTERS/Gonzalo Fuentes