Pelé tem melhora e segue tratamento renal na UTI

sexta-feira, 28 de novembro de 2014 15:55 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O ex-jogador Pelé, internado em São Paulo, vem apresentando melhora em sua condição clínica e a única bactéria identificada até o momento é sensível aos antibióticos, informou o boletim médico divulgado na tarde desta sexta-feira.

"(Pelé) segue na Unidade de Terapia Intensiva e continua em tratamento temporário de suporte renal (hemodiafiltração veno-venosa contínua) e lúcido", disse em nota o Hospital Albert Einstein, na zona sul de São Paulo.

Segundo o boletim médico, o tricampeão mundial com a seleção brasileira respira de maneira espontânea e se alimenta normalmente por via oral.

Pelé, de 74 anos, foi internado na segunda-feira e exames detectaram uma infecção urinária. Ele já havia sido internado no mesmo hospital em 12 de novembro com dores abdominais e passou por uma cirurgia para a retirada de cálculos no rim, uretra e vesícula, que dificultavam seu fluxo urinário.

Em nota divulgada nesta manhã, os médicos já tinham informado que Pelé apresentava melhora na condição clínica.

Na quinta-feira, o ex-jogador foi transferido para a UTI, onde é submetido a tratamento de suporte renal.

Pelé tem apenas um rim, após retirar um dos órgãos há "muitos anos", segundo seu assessor pessoal, José Fornos Rodrigues, conhecido como Pepito.

Há dois anos, o ex-jogador, campeão mundial com o Brasil em 1958, 1962 e 1970, passou por uma cirurgia no quadril.

(Reportagem de Tatiana Ramil)

 
O ex-jogador Pelé durante evento no Rio de Janeiro, em fevereiro. 05/02/2014 REUTERS/Lucas Landau