Gerrard desmente rumores de briga interna com treinador no Liverpool

domingo, 30 de novembro de 2014 14:14 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Após ficar de fora do time titular do Liverpool na vitória deste sábado sobre o Stoke City, o capitão da equipe Steven Gerrard afirmou que os rumores de que teria se desentendido com o treinador Brendan Rodgers "não têm sentido".

Gerrard ficou de fora da equipe titular em Anfield na partida que pôs fim à sequência de três derrotas consecutivas no Campeonato Inglês. A vitória magra, sofrida, por 1 x 0, só veio graças a um gol de Glen Johnson no fim.

No sábado, Gerrard completou 16 anos da sua estreia pelo clube de Merseyside e após o jogo foi direto desmentir uma suposta racha entre ele e Rodgers. 

"Só para deixar as coisas claras: a mídia falar de uma briga entre nós dois é absolutamente SEM NOÇÃO... tenham um bom domingo", escreveu o meio-campista na legenda de uma foto em que Gerrard e Rodgers aparecem juntos, no Instagram.

O atleta entrou no segundo tempo com uma função mais ofensiva, já que o Liverpool buscava o primeiro gol depois de ter dominado toda a partida. 

O treinador Rodgers preteriu Gerrard pelo brasileiro Lucas Leiva para ocupar a função de primeiro volante, esperando consertar alguns buracos na defesa e, também, conceder ao capitão um merecido descanso após uma série desgastante de jogos. 

O desempenho de Gerrard nessa temporada foi alvo de críticas de torcedores e comentaristas, uma vez que os times adversários encontraram uma maneira de neutralizar os longos lançamentos do meio-campista do Liverpool. 

Sem o incisivo Luis Suárez, que foi para o Barcelona, e o lesionado Daniel Sturridge, os lançamentos de Gerrard, que são sua marca, não têm tido o mesmo êxito de antes, reduzindo sua importância dentro do time. 

(Por Toby Davis)