Ator Idris Elba e astros do futebol estrelam campanha de conscientização do Ebola na África

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014 14:59 BRST
 

ABIDJAN (Reuters) - O ator britânico Idris Elba e uma legião de astros do futebol mundial lançaram, nesta quarta-feira, uma campanha de conscientização para ajudar a combater a epidemia de Ebola no oeste da África e homenagear os agentes de saúde combatendo a doença mortal.

O pior surto de Ebola já registrado matou mais de seis mil pessoas em Guiné, Serra Leoa e Libéria, os três países mais afetados pela epidemia.

A campanha África Unida (www.weareafricaunited.org), divulgada antes do sorteio da Copa Africana das Nações em Malabo, capital da Guiné Equatorial, também nesta quarta-feira, divulga informações sobre a doença e sobre como impedir sua propagação em francês, inglês e línguas locais africanas.

As mensagens serão enviadas às três nações mais assoladas e a seus vizinhos por televisão, rádio, cartazes e mensagens de texto de celular, disseram os organizadores.

“Para mim, a luta contra o Ebola é pessoal”, disse Elba, cujos pais são de Serra Leoa e Gana.

“Ver estes países maravilhosos na África Ocidental, onde meu pai cresceu e ele e minha mãe se casaram, serem devastados por esta doença é doloroso e horrível”, afirmou Elba, que ficou famoso na série de TV “The Wire” e encarnou Nelson Mandela na cinebiografia “Mandela: Um Longo Caminho Para a Liberdade”.

Em uma das vinhetas da campanha, Elba interpreta um técnico de futebol conversando com o time no intervalo da partida de “vida ou morte” da África Ocidental contra o Ebola e dando dicas sobre maneiras de identificar a doença e evitar novas infecções.

Em outra vinheta, os jogadores Yaya Touré, Carlton Cole, Kei Kamara, Patrick Vieira, Fabrice Muamba e Andros Townsend prestam homenagem aos agentes de saúde na linha de frente do combate ao vírus mostrando os nomes deles nas costas de suas camisas.

(Reportagem de Joe Bavier)

 
Ator britânico Idris Elba, em foto de arquivo na sede da ONU em Nova York. 25/09/2014 REUTERS/Shannon Stapleton