Chile derrota Peru com 2 gols de Vargas e avança para final da Copa América

terça-feira, 30 de junho de 2015 08:12 BRT
 

Por Felipe Iturrieta

SANTIAGO (Reuters) - Com dois gols do atacante Eduardo Vargas, a seleção chilena derrotou por 2 x 1 o Peru, que sofreu uma expulsão no início do jogo, e se classificou, na noite de segunda-feira, para a final da Copa América pela primeira vez em quase três décadas.

Vargas se tornou o artilheiro da competição, com quatro gols, e deixou o Chile mais próximo de seu objetivo de ganhar o troféu pela primeira vez na história.

"Sabíamos que a partida seria difícil, o Peru vinha bem... não foi fácil", disse o goleiro da seleção chilena e do Barcelona, Claudio Bravo. "Em alguns momentos nos faltou ímpeto, talvez não relaxar com a vantagem numérica. Talvez seja bom que passamos esse tipo de coisa."

O Chile teve problemas para impor seu jogo de posse de bola nos primeiros minutos e o time peruano seguia com rápidos contra-ataques liderados por Jefferson Farfán e Paolo Guerrero, que evidenciavam alguns problemas na defesa da seleção adversária.

Quando o time da casa passava por seu pior momento, o defensor peruano Carlos Zambrano dividiu com força desmedida com Charles Aránguiz e acertou o chileno por trás, recebendo o cartão vermelho do árbitro venezuelano José Argote ainda aos 20 minutos de jogo.

Com a expulsão o cenário mudou e o Chile teve espaço para controlar o jogo. As estrelas Alexis Sánchez e Arturo Vidal não brilharam, mas Vargas assumiu o comando dos ataques mais perigosos, enquanto o Peru esperava ordenado na defesa.

O Chile, que em 1987 perdeu na final para o Uruguai, agora definirá o torneio com o ganhador da partida entre Argentina e Paraguai.

 
Atacante chileno Eduardo Vargas comemorando seu segundo gol na partida contra o Peru na Copa América.   30/06/2015    REUTERS/Ricardo Moraes