Alemão de dreadlocks Brown supera Nadal e surpreende em Wimbledon

sexta-feira, 3 de julho de 2015 12:37 BRT
 

Por Michael Roddy

LONDRES (Reuters) - O alemão com dreadlocks Dustin Brown não foi visto em lugar nenhum em Wimbledon nesta sexta-feira, pelo menos no início do dia, mas sua vitória sobre Rafael Nadal na noite anterior continuou como assunto do torneio.

A conta do Twitter de Brown, @DreddyTennis, estava cheia de mensagens de parabéns, algumas em alemão, outras em inglês.

Jornais e emissoras estavam disputando para relatar a carreira heterodoxa do jogador meio-jamaicano e meio-alemão de 30 anos e 1,95m de altura, que passou diversos anos morando em um acampamento de vans para guardar dinheiro enquanto jogava tênis.

"Este cara é incrível", disse o ex-campeão de Wimbledon John McEnroe enquanto comentava para a BBC durante a partida em que Brown ganhou por 7-5 3-6 6-4 6-4 para chegar a terceira rodada de um Grand Slam pela terceira vez.

Brown chegou em Wimbledon sem um técnico e nunca poderia pagar pelo treinamento caro que muitos jogadores recebem, mas após sua vitória, mostrou quanto orgulho tem de sua família e sua trajetória ao mostrar uma tatuagem de seu pai.

"É um retrato do meu pai... Não consigo vê-lo sempre. Normalmente fora da temporada", disse Brown durante uma entrevista coletiva. "Foi uma grande caminha para mim e toda minha família", acrescentou.

 
Tenista alemão Dustin Brown comemora vitória sobre tenista espanhol Rafael Nadal em Wimbledon. 02/07/2015 REUTERS/Stefan Wermuth