Federer e Murray vão se enfrentar nas semifinais de Wimbledon

quarta-feira, 8 de julho de 2015 14:01 BRT
 

(Reuters) - O suíço Roger Federer mostrou seu melhor tênis nesta quarta-feira ao derrotar o francês Gilles Simon por 6-3, 7-5 e 6-2 e garantir vaga nas semifinais de Wimbledon, em que terá pela frente o tenista local Andy Murray.

O britânico, que chegou pela sexta vez às semis do torneio na grama de Londres, teve um pouco mais de trabalho para vencer o canadense Vasek Pospisil por 6-4, 7-5 e 6-4.

Contra Simon, Federer perdeu o serviço pela primeira vez na competição deste ano, mas essa foi a única falha do suíço na partida, em que avançou para sua 37ª semifinal de Grand Slam e a 10ª no All England Club.

O domínio do heptacampeão foi tamanho que a única coisa que conseguiu pará-lo foi o tempo: foram duas interrupções pela chuva na Quadra 1.

Simon até conseguiu acertar alguns bons golpes de direita para quebrar o saque de Federer --após 116 serviços seguidos confirmados pelo suíço desde a primeira rodada do torneio de Halle, no mês passado--, mas de resto só pôde observar os voleios do adversário.

A partida chegou ao fim para Simon quando uma devolução de esquerda ficou na rede.

As outras partidas das quartas de final serão disputadas pelo suíço Stanislas Wawrinka contra o francês Richard Gasquet e o sérvio Novak Djokovic contra o croata Marin Cilic.

(Por Pritha Sarkar)

 
Tenista suíço Roger Federer durante partida contra o francês Gilles Simon pelo torneio de Wimbledon, em Londres. 08/07/2015 REUTERS/Toby Melville