Federer derruba Murray e vai disputar final de Wimbledon pela 10ª vez

sexta-feira, 10 de julho de 2015 15:07 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Roger Federer continua sem perder semifinais de Wimbledon e produziu mais uma exibição majestosa para derrubar Andy Murray e manter viva sua busca pelo recorde de oito títulos do Grand Slam na grama, com uma vitória espetacular por 7-5, 7-5 e 6-4, nesta sexta-feira.

O segundo cabeça de chave avançou para sua 10ª final no All England Club com uma exibição quase perfeita contra o favorito da casa Murray, e agora tentará a revanche contra o sérvio Novak Djokovic, o número um do mundo, em uma repetição da decisão do ano passado.

Murray não conseguiu incomodar o serviço de Federer, e o suíço soube lidar com a pressão nos momentos cruciais de cada set para fechar a partida em 2 horas e 7 minutos, quando o britânico terceiro pré-classificado mandou uma direita para fora.

"Foi difícil. Andy tem jogado muito bem ao longo da temporada", disse Federer. "Estou inacreditavelmente feliz... Joguei muito bem nas principais ocasiões hoje, e provavelmente por isso eu consegui vencer."

Federer, que ganhou todas as 10 semifinais que disputou em Wimbledon, agora vai travar mais uma batalha de sua longa rivalidade com Djokovic, que avançou para a final mais cedo nesta sexta ao derrotar o francês Richard Gasquet, também por 3 sets a 0.

(Reportagem de Toby Davis)

 
Roger Federer enfrenta Andy Murray na semifinal de Wimbledon. 10/07/2015      REUTERS/Stefan Wermuth