Organização do Pan é criticada por participação de Kanye West em cerimônia

quinta-feira, 16 de julho de 2015 18:50 BRT
 

TORONTO (Reuters) - A decisão controversa de ter o rapper norte-americano Kanye West participando da cerimônia de encerramento dos Jogos Pan-Americanos em Toronto gerou bastante controvérsia e tirou o foco dos atletas da competição. 

Após o começo evento, que vai de 10 a 26 de julho e que muitos consideram a preparação de Toronto para sediar os Jogos Olímpicos, representantes do Pan foram alvo de críticas por não terem escolhido um elenco mais canadense.

O chefe executivo dos Jogos, Saad Rafi, passou toda uma sessão de perguntas e respostas durante sua coletiva de imprensa nesta quinta-feira tentando reverter a situação. 

“Não vamos esquecer que estes são Jogos Pan-Americanos, que incluem as Américas e o Caribe. É bastante apropriado ter artistas destas regiões”, disse Rafi. 

Desde que anunciou na quarta-feira que o premiado rapper será parte de um elenco musical que inclui o rapper norte-americano Pitbull e a musicista canadense Serena Ryder, diversas petições online apareceram para pedir que essa decisão fosse reconsiderada.

Com Toronto abrigando 7.000 atletas de 41 delegações de toda a América Latina, América do Sul, do Norte e do Caribe, muitos críticos consideram que a cerimônia de encerramento deveria ser uma celebração de talentos canadenses.

(Por Frank Pingue)

 
Kanye West durante show em Carson, na Califórnia.  9/5/2015. REUTERS/Kevork Djansezian