Piloto da F1 Jules Bianchi morre nove meses após acidente em Suzuka

sábado, 18 de julho de 2015 10:12 BRT
 

(Reuters) - O piloto francês de Fórmula 1 Jules Bianchi morreu por ferimentos sérios na cabeça sofridos no ano passado, no Grande Prêmio do Japão, disse sua família em um comunicado neste sábado. Ele tinha 25 anos.

Bianchi estava em coma desde o acidente em Suzuka em outubro passado. Ele faleceu em um hospital em Nice, perto da casa de seus pais, no sul da França.

"Jules lutou até o fim, como sempre fazia, mas hoje a sua batalha chegou ao fim", disse a família Bianchi. "A dor que sentimos é imensa e indescritível."

Bianchi foi o primeiro piloto a morrer de ferimentos sofridos durante um fim de semana de grande prêmio desde a morte do brasileiro tricampeão mundial Ayrton Senna, no circuito de Imola da Itália em maio de 1994.

"Estamos devastados por perder Jules após uma árdua batalha", disse a sua equipe na F1 Manor F1 no Twitter. "Foi um privilégio tê-lo correndo para nossa equipe."

O francês sofreu ferimentos graves na cabeça quando, em condições de chuva e luz fraca, sua Marussia bateu em guindaste que estava removendo a Sauber de Adrian Sutil.

(Reportagem de Peter Rutherford e Alan Baldwin)