Fórmula 1 se despede de Jules Bianchi

terça-feira, 21 de julho de 2015 12:55 BRT
 

NICE, França (Reuters) - Campeões do presente e passado da Fórmula 1 prestaram seu respeito à Jules Bianchi e lamentaram a perda de um dos seus no funeral do piloto francês, nesta terça-feira.

Lewis Hamilton, atual campeão pela Mercedes, participou da cerimônia na catedral Sainte-Reparate, em Nice, junto com os ex-campeões Alain Prost, Jenson Button e Sebastian Vettel.

Bianchi, de 25 anos, morreu em um hospital de Nice na sexta-feira após sofrer sérios ferimentos na cabeça, quando saiu da pista e atingiu um trator em outubro no Grande Prêmio do Japão.

O piloto da Marussia, que era apontado como uma possível futura estrela com chances de correr pela Ferrari, estava em coma desde o acidente em Suzuka.

Ele foi o primeiro piloto a morrer em decorrência de ferimentos em corridas desde que o tricampeão mundial Ayrton Senna e o austríaco Roland Ratzenberger morreram no Grande Prêmio de San Marino, em 1994.

Centenas de fãs se juntaram do lado de fora da catedral, onde grandes retratos de Bianchi em roupas de corrida foram colocados acima de flores, e aplaudiram à medida que o caixão era carregado. Seu capacete foi colocado em cima do caixão.

(Por Alan Baldwin, em Londres)

 
Pilotos e amigos carregam o caixão do piloto francês de Fórmula 1 Jules Bianchi após funeral em Nice, na França. 21/07/2015 REUTERS/Jean-Pierre Amet