Valcke praticamente confirma que deixará a Fifa após eleição de novo presidente

sexta-feira, 24 de julho de 2015 08:50 BRT
 

SÃO PETERBUSRGO (Reuters) - Jérôme Valcke praticamente confirmou nesta sexta-feira que vai deixar o posto de secretário-geral da Fifa quando Joseph Blatter for substituído como presidente da entidade responsável pelo futebol mundial, em fevereiro do ano que vem.

Valcke, falando em entrevista coletiva na Rússia na véspera do sorteio das eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, disse: "Sim, o próximo presidente da Fifa deve ter um novo secretário-geral".

Valcke foi figura central da Fifa na organização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, e ficou bastante conhecido no país por ter reclamado dos atrasos nos preparativos brasileiros para o Mundial dizendo que o Brasil precisava levar "um chute no traseiro".

(Reportagem de Mike Collet)

 
Secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, durante evento em São Petersburgo.  24/07/2015  REUTERS/Grigory Dukor