COI espera candidatura dos EUA para Olimpíada de 2024 apesar da desistência de Boston

terça-feira, 28 de julho de 2015 10:06 BRT
 

Por Karolos Grohmann

KUALA LUMPUR (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) confia que os Estados Unidos vão apresentar uma candidatura para sediar os Jogos Olímpicos de 2024, apesar de Boston ter abandonado a disputa na segunda-feira.

"Para o COI sempre ficou claro que haveria uma proposta que seria apresentada pelo Comitê Olímpico dos Estados Unidos", disse a jornalistas o presidente da entidade, Thomas Bach, nesta terça-feira, dia inicial de uma reunião do comitê executivo na capital da Malásia.

"Esta fase de convites é também uma oportunidade para determinar qual cidade será eventualmente escolhida por um Comitê Olímpico Nacional. Estamos confiantes de que o Usoc (Comitê Olímpico dos EUA) vai escolher a cidade mais adequada, para que haja um concorrente forte dos EUA.”

Poucas horas antes da abertura da reunião em Kuala Lumpur, o Usoc retirou a oferta de Boston para sediar os Jogos de 2024, depois que o prefeito da cidade disse que os contribuintes não podiam dar-se ao luxo de realizar um evento de grande escala.

A notícia é o mais recente revés para o processo de eleição de sedes olímpicas, já que quatro cidades deixaram a disputa para receber os Jogos de Inverno de 2022. A capital chinesa, Pequim, que realizou os Jogos de 2008, está à frente, ao lado da pouco conhecida cidade de Almaty, no Cazaquistão. O COI elegerá o vencedor no fim de semana.

O COI fez uma série de reformas para tornar a licitação mais atraente para as cidades depois dos problemas para 2022.

O prazo para apresentar candidaturas para os Jogos de 2024 expira em 15 de setembro. Hamburgo, Paris, Roma e Budapeste estão na corrida. O COI vai fazer a escolha em 2017.

 
Presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach durante evento na Suíça.  08/06/2015  REUTERS/Pierre Albouy