Ana Marcela Cunha é campeã mundial dos 25km da maratona aquática na Rússia

sábado, 1 de agosto de 2015 11:56 BRT
 

Por Rod Gilmou

KAZAN, Rússia (Reuters) - A brasileira Ana Marcela Cunha conquistou neste sábado o título mundial dos 25 quilômetros no Mundial de Desportos Aquáticos em Kazan, na Rússia, confirmando sua posição de uma das maiores nadadoras de águas abertas do momento, um ano antes dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Ana Marcela, que coloriu seu cabelo de roxo para o Mundial, foi campeã da prova mais longa das maratonas aquáticas poucos dias depois de ser bronze nos 10km, a distância que será disputada nos Jogos do Rio de Janeiro. A vitória dela, no rio Kazanka, ocorreu após 5h13min47s3 de braçadas.

A brasileira de 23 anos, que também venceu essa prova no Mundial de 2011, disputou a ponta com a húngara Anna Olasz, mas abriu vantagem na volta final. A húngara ficou com a prata, com o tempo de 5h14min13s4. O bronze foi para a alemã Angela Maurer.

"A um ano da Olimpíada, esse resultado me dá motivação para treinar mais e mais", afirmou Ana Marcela.

A outra brasileira na competição, Betina Lorscheitter, abandonou a prova.

Já a disputa masculina foi bem mais apertada, e o título ficou com o italiano Simone Ruffini, que venceu no sprint final o norte-americano Alex Meyer. Os brasileiros Allan do Carmo e Diogo Villarinho terminaram na 16ª e 18ª colocações, respectivamente.

No pódio, o italiano revelou um texto escrito no qual pedia a mão de sua namorada em casamento. Ela estava assistindo a tudo das arquibancadas.

Há dois anos, em Barcelona, o alemão Thomas Lurz se tornou o primeiro homem a ser campeão de todas as provas de águas abertas em um Mundial. Lurz se aposentou em maio.