Mídia chinesa diz que Pequim pode lidar com qualquer problema para sediar Jogos de Inverno

sábado, 1 de agosto de 2015 15:12 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A imprensa estatal chinesa elogiou o anúncio de Pequim como sede das Olimpíadas de Inverno de 2022, argumentando que a cidade tem capacidade de lidar com qualquer problema em relação ao evento e que irá focar em trazer uma "grande festa" aos atletas e visitantes.

Pequim, que sediará o evento com a cidade vizinha de Zhangjiakou, era a favorita para ganhar a disputa com Almaty, no Cazaquistão, no evento do Comitê Olímpico Internacional em Kuala Lumpur que anunciou a cidade ganhadora na sexta-feira.

Mesmo tendo sediado os Jogos Olímpicos de Verão de 2008 com grande sucesso, a candidatura dos chineses para os Jogos de Inverno foi bastante questionada por conta de uma série de problemas, como o notório problema da poluição, a falta de neve e o histórico ruim de direitos humanos.

A edição estrangeira do Diário do Povo, jornal comandado pelo Partido Comunista, afirmou que o mundo pode ficar tranquilo a respeito da capacidade de Pequim para sediar eventos de larga escala.

"Na China, toda promessa é plenamente realizada", trouxe o jornal em editorial na capa.

"Ao longo de nosso trabalho de preparação, embora vários tipos de dificuldades possam surgir, como o trânsito e os problemas ambientais, Pequim vai redobrar seus esforços para superar todos eles."

A China é a segunda maior economia do mundo, com um sistema político estável, uma sociedade harmoniosa e uma população feliz, embora não seja uma grande potência dos esportes de inverno, acrescentou o editorial.

"Mas é um fato indiscutível que mais e mais chineses amam os esportes de inverno", disse.

(Reportagem de Ben Blanchard)