EXCLUSIVO–Fifa inicia investigação interna sobre suposta corrupção

sexta-feira, 7 de agosto de 2015 16:27 BRT
 

Por David Ingram e Simon Evans

(Reuters) - A Fifa iniciou uma investigação interna sobre suposta corrupção na entidade esportiva, disseram duas pessoas familiarizadas com a questão, um desdobramento que pode assinalar uma cooperação maior com os inquéritos criminais de autoridades dos Estados Unidos e da Suíça.

Membros do comitê executivo da Fifa foram postos a par da apuração interna em uma reunião a portas fechadas em Zurique no mês passado, afirmaram as fontes, que falaram à Reuters sob condição de anonimato.

A firma norte-americana de advocacia Quinn Emanuel Urquhart & Sullivan está conduzindo a investigação, que corre paralelamente às análises de EUA e Suíça, segundo as fontes. Espera-se que os resultados da investigação sejam compartilhados com as autoridades, acrescentaram.

A Fifa mergulhou no caos em maio, quando promotores norte-americanos anunciaram o indiciamento de nove dirigentes atuais e antigos, muitos dos quais tinham cargos na Fifa, incluindo o ex-presidente da CBF José Maria Marin, e de cinco executivos de marketing esportivo.

Os promotores afirmaram que os 14 corromperam o esporte ao aceitar mais de 150 milhões de dólares em subornos e propinas por direitos midiáticos e de

marketing.

TESTADO E APROVADO   Continuação...

 
Sede da Fifa em Zurique.  20/102010.    REUTERS/Christian Hartmann