August 8, 2015 / 8:04 PM / 2 years ago

Imparável, Ledecky pulveriza recorde e conquista quinto ouro no Mundial; Fratus é bronze

3 Min, DE LEITURA

Katie Ledecky comemora vitória e recorde mundial em Kazan, na Rússia. 08/08/2015Michael Dalder

KAZAN, Rússia (Reuters) - A norte-americana Katie Ledecky fez história mais uma vez, ao pulverizar neste sábado o seu próprio recorde mundial dos 800 m livre e conquistar o seu quinto ouro no Mundial de Desportos Aquáticos, em dia que teve medalha de bronze para o brasileiro Bruno Fratus.

Ledecky, que tem apenas 18 anos, conquistou o ouro em 8min07s39, estabelecendo o seu terceiro recorde mundial da semana e o décimo de sua espetacular carreira.

A neozelandesa Lauren Boyle melhorou em relação ao bronze de 2013 e ficou com a prata, mas incríveis 10s26 atrás da norte-americana. O terceiro lugar ficou com a britânica Jaz Carlin.

“Eu não poderia estar mais feliz com essa prova e com toda a competição”, afirmou Ledecky. “Esta foi especial, pelo cansaço..., mas mostrei hoje que posso aguentar muito bem uma agenda pesada de provas.”

Com a vitória, Ledecky também se tornou a primeira nadadora, de qualquer gênero, a vencer dos 200 m aos 1.500 m em um Mundial. O chinês Sun Yang tinha o mesmo objetivo, mas foi derrotado na final dos 200 m livre, na segunda-feira.

“Eu não penso muito sobre os aspectos históricos durante a competição, mas acho que agora já posso e vou curtir esses momentos”, disse Ledecky.

Sem Cielo

Nos 50 m livre, o francês Florent Manaudou confirmou o favoritismo e venceu com 21s19, à frente do norte-americano Nathan Adrian, com 21s52, e de Bruno Fratus, com 21s55.

Essa foi a primeira medalha de Bruno Fratus em Mundiais. Cesar Cielo, que era tricampeão mundial da prova, teve que abandonar a competição após sentir uma lesão no ombro.

Nos 100 m borboleta, o sul-africano Chad le Clos conquistou o seu primeiro ouro neste Mundial e alcançou a melhor marca de sua carreira ao vencer com 50s56, à frente do húngaro Laszlo Cseh. O bronze neste sábado foi para Joseph Schooling, de Cingapura.

Nos 200 m costas, a campeã olímpica e recordista mundial, Missy Franklin, liderou até os 100 m, mas o final da australiana Emily Seebohm foi esmagador, e ela venceu com 2min05s81. O bronze foi para a húngara Katinka Hosszu.

“Eu ainda tinha muito gás nos últimos 50 m e foi isso que garantiu que eu vencesse as outras meninas", disse Seebohm.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below