Chinês Sun Yang é a grande ausência da final dos 1.500m livre

domingo, 9 de agosto de 2015 18:02 BRT
 

Por Rod Gilmour

KAZAN, Rússia (Reuters) - O chinês Sun Yang foi a grande e inesperada ausência na final dos 1.500 metros livre no Mundial de esportes aquáticos neste domingo.

Atual campeão mundial e olímpico, e detentor do recorde mundial, Sun Yang era o grande favorito para o ouro, mas não apareceu para a largada, embora tenha aquecido para a prova.

O italiano Gregorio Paltrinieri ficou com o ouro na ausência do chinês. 

"Eu sinto muito por não poder estar presente para os 1.500 metros", disse Sun aos jornalistas.

"Não me senti bem. Me senti desconfortável na piscina durante o aquecimento e eu tive que desistir da ideia de competir. Eu sinto muito por isso."

"Aconteceu depois do aquecimento. Foi a primeira vez que isso ocorreu."

Em um incidente isolado na manhã de treinamentos na piscina, o treinador do Brasil Alberto Pinto confirmou que Sun se envolveu em confusão com a nadadora brasileira Larissa Oliveira.

A Federação Brasileira de Esportes Aquáticos fez uma reclamação formal para a FINA, órgão máximo da natação mundial, de acordo com o site "Globo.com".   Continuação...