Nigeriano Segun Odegbami entra na disputa pela presidência da Fifa

quarta-feira, 2 de setembro de 2015 18:19 BRT
 

ABUJA (Reuters) - O ex-astro do futebol nigeriano Segun Odegbami anunciou sua candidatura para concorrer à presidência da Fifa, disse seu chefe de campanha nesta quarta-feira.

A eleição de um novo chefe da Fifa vai ocorrer em 26 de fevereiro do próximo ano, em Zurique, na Suíça. A entidade nunca teve um presidente africano.

A Fifa, órgão que controla o futebol mundial, mergulhou no caos neste ano, depois que 14 dirigentes e executivos de marketing esportivo foram indiciados pela Justiça dos Estados Unidos no final de maio sob acusações de suborno, lavagem de dinheiro e fraude bancária.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou sua renúncia em junho, em resposta ao escândalo.

"O escândalo atual na Fifa é a pior crise da organização em seus 111 anos de existência. A Fifa, portanto, requer uma nova era de liderança ... me vejo encaixando neste papel", disse Odegbami em um comunicado enviado por e-mail aos jornalistas pelo chefe de campanha Ade Adeagbo.

Michel Platini, presidente da Uefa, é visto como o favorito na corrida para substituir Blatter. Entre os candidatos está o brasileiro Zico, que enviou nesta semana um e-mail a Platini, Musa Bility, David Nakhid e Chung Mong-joon, que também já declararam a intenção de concorrer, dizendo que a "Fifa merece um debate nesse estágio preliminar".

(Reportagem de Mike Edebor e Julia Payne)

 
Logo da Fifa em fente à sede da entidade em Zurique. 20/07/2015 REUTERS/Arnd Wiegmann