Hamilton e Mercedes ditam ritmo dos treinos livres em Monza

sexta-feira, 4 de setembro de 2015 14:41 BRT
 

Por Alan Baldwin

MONZA, Itália (Reuters) - O atual campeão da Formula 1, Lewis Hamilton, e a equipe Mercedes ditaram o ritmo dos treinos desta sexta-feira para o Grande Prêmio da Itália e deixaram os rivais bem atrás.

O britânico, que irá buscar sua 11ª pole position em 12 corridas no sábado, chegou a Monza com o cabelo tingido de loiro e disse aos repórteres que está em uma fase 'experimental'.

Mas não houve nada de radicalmente diferente em seu desempenho na pista, só a evidência de que o motor atualizado da Mercedes está mais veloz do que nunca.

O campeão e líder do campeonato, 28 pontos à frente de seu principal adversário e colega de equipe, Nico Rosberg, a oito provas do final da temporada, fez sua volta quase meio segundo mais rápido que o alemão na sessão ensolarada da manhã.

Mas Hamilton, que já venceu seis corridas na temporada, só ficou 0,021seg adiante de Rosberg de tarde, quando fez sua melhor volta com o tempo de 1min24seg279 no circuito mais rápido do calendário.

“Hoje foi um bom dia”, disse Hamilton. “Dei uma desacelerada na segunda sessão, mas foi só para a equipe verificar alguns picos nos dados, e tudo deu certo no final.”

“Não percorri particularmente bem os dois primeiros setores esta tarde, foram definitivamente melhores de manhã”, acrescentou. “Tenho certeza de que dá para melhorar o ritmo, e vou analisar os dados hoje à noite para ver como.”

Sebastian Vettel, da Ferrari, que se prepara para a primeira corrida na casa da escuderia com o tradicional macacão vermelho, foi o terceiro melhor nas duas sessões, intermináveis 1seg588 mais lento que Hamilton de manhã e 0,759seg mais atrás após o almoço.

Não houve problemas com os pneus Pirelli após os alarmantes estouros de uma quinzena atrás na Bélgica.

 
Hamilton durante treino livre para GP da Itália em Monza.  4/9/2015.  REUTERS/Max Rossi