Putin concede cidadania russa a boxeador Roy Jones Junior, dos EUA

sábado, 12 de setembro de 2015 13:08 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin concedeu cidadania russa para Roy Jones Junior, um proeminente boxeador profissional norte-americano que tinha feito a solicitação no mês passado quando conheceu Putin na disputada região da Criméia, informou o Kremlin neste sábado.

O movimento é o mais recente exemplo dos casos propagandeados pelo Kremlin de ocidentais proeminentes que exaltam a Rússia ou oferecem apoio simbólico para as políticas de Putin, num momento em que presidente russo está em desacordo com os governos ocidentais sobre a crise Ucrânia.

Um decreto presidencial curto no site do Kremlin disse que o pedido de Jones tinha sido concedido sob um artigo da Constituição que dá poder ao presidente para resolver questões de cidadania russa.

Jones, um ex-medalhista de prata olímpico e vencedor de vários títulos mundiais, conheceu Putin em agosto, na Crimeia, região que a Rússia anexou da Ucrânia no ano passado, onde Jones apareceu como convidado em um programa de televisão boxe.

(Reportagem de Jason Bush)