14 de Setembro de 2015 / às 16:33 / em 2 anos

EUA acreditam em extradição de suspeitos em investigação no futebol

ZURIQUE (Reuters) - Autoridades norte-americanas estão otimistas de que indivíduos acusados em uma investigação de corrupção no mundo do futebol serão extraditados para os Estados Unidos, disse a procuradora-geral norte-americana, Loretta Lynch, nesta segunda-feira.

Procurador-geral da Suíça, Michael Lauber, e procuradora-geral dos EUA, Loretta Lynch, em entrevista coletiva em Zurique. 14/09/2015 REUTERS/Ruben Sprich

“Continuamos esperançosos de que conseguiremos trazer aos EUA todos os acusados em maio”, disse Loretta durante entrevista coletiva em Zurique.

Em maio, os EUA acusaram nove dirigentes esportivos, incluindo o ex-presidente da CBF José Maria Marin, e cinco executivos de marketing esportivo por subornos, lavagem de dinheiro e fraude, em um suposto esquema multimilionário de propina ao longo dos últimos 24 anos.

Até o momento, somente três dos acusados foram às cortes norte-americanas, disse a procuradora.

Reportagem de Joshua Franklin, Mark Hosenball e Brian Homewood

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below