Hamilton reduz liderança após abandonar GP de Cingapura

domingo, 20 de setembro de 2015 12:01 BRT
 

CINGAPURA (Reuters) - O líder do campeonato mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton abandonou o Grande Prêmio de Cingapura neste domingo depois de enfrentar problemas de potência em sua Mercedes, interrompendo uma jornada sólida rumo ao terceiro título mundial de sua carreira.

O piloto britânico, que não abandonava uma prova desde a Bélgica no ano passado, acabou indo para os boxes no fim da volta 32, após a equipe não conseguir resolver o problema que durou seis voltas.

"Eu estava super otimista e me mantendo animado. Eu esperava uma resolução rápida, mas ela não aconteceu", disse à BBC Hamilton, que buscava a 41ª vitória em sua carreira, o que igualaria uma marca do seu ídolo Ayrton Senna.

O líder do campeonato estava em quarto, tendo ganhado uma posição em relação à largada, quando reclamou pelo rádio sobre problemas no carro.

"Perdi potência, pessoal. Perdi potência", disse o piloto na volta 26, antes de sua equipe tentar em vão descobrir a causa do problema.

O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, venceu a corrida, com Nico Rosberg, da Mercedes, em quarto. Com a vitória, Vettel ficou apenas 49 pontos atrás de Hamilton na classificação.

(Por Patrick Johnston)