Borussia Dortmund passa fácil pelo Leverkusen e retoma liderança

domingo, 20 de setembro de 2015 15:40 BRT
 

BERLIM (Reuters) - Jogando muito bem, o Borussia Dortmund passou por cima do Bayer Leverkusen, vencendo por 3 x 0 neste domingo e retomando a liderança do Campeonato Alemão, além de aumentar a sequência de cinco jogos invicto neste início de competição.

O atual campeão Bayern de Munique havia vencido o Darmstadt por 3 x 0 no sábado, somando também cinco vitórias e 15 pontos, mas o resultado do Dortmund (11ª vitória consecutiva em todas as competições) recoloca a equipe no topo graças ao saldo de gols.

Apesar da ausência do meia armador Marco Reus, deixado no banco após se recuperar de uma fratura no dedão do pé, o Dortmund apertou o cerco desde o início do jogo e abriu o placar aos 19 minutos. Um cruzamento longo de Shinji Kagawa encontrou Jonas Hofman na área, que aproveitou a saída em falso do goleiro Bernd Leno para marcar. 

O Leverkusen, aparentando cansaço e sem aquela habitual ofensividade após a vitória de meio de semana sobre o BATE Borisov por 4 x 1 na Liga dos Campeões da Europa, poderia ter empatado com Javier Hernandez aos seis do segundo tempo, mas o chute do mexicano na grande área acabou parado pelo goleiro Roman Buerki.

Mas foi o clube do Vale do Ruhr, reformulado nesta temporada sob comando do treinador Thomas Tuchel depois de uma campanha decepcionante na temporada 2014/2015, que voltou a marcar, desta vez com Kagawa, atleta da seleção japonesa, em grande fase neste ano, completando boa troca de passes e fazendo o segundo gol do Dortmund aos 13 da segunda etapa.

Pierre-Emerick Aubameyang converteu o terceiro pênalti nos últimos dois jogos do Alemão para dar números finais à confortável vitória da equipe aurinegra. Aubameyang agora tem seis gols na liga e 10 se contadas todas as competições.

Gonzalo Castro, do Dortmund, quase castigou seu ex-clube com um chute seco na trave no minuto final. O Leverkusen sofreu sua terceira derrota seguida no Campeonato Alemão e permanece em 13º com seis pontos.