Comitê de Ética da Fifa suspende Blatter e Platini do futebol

quinta-feira, 8 de outubro de 2015 09:33 BRT
 

ZURIQUE (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, e seu possível sucessor, o presidente da Uefa, Michel Platini, foram suspensos provisoriamente por 90 dias, informou o Comitê de Ética de Fifa nesta quinta-feira.

"Durante este tempo, os indivíduos estão banidos de todas as atividades no futebol em nível nacional e internacional", informou o comitê em nota.

Também foi suspenso por 90 dias o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, que já tinha sido colocado em licença. O comitê também determinou a suspensão por seis anos do ex-vice-presidente da Fifa Chung Mong-Joon e pagamento de multa de 100 mil francos suíços (103 mil dólares).

"As bases para essas decisões são as investigações que estão sendo realizadas pela câmara de investigação do Comitê de Ética", disse o órgão da Fifa em comunicado.

Procuradores suíços abriram no mês passado uma investigação criminal contra Blatter por conta de um contrato de direitos televisivos que assinou e o pagamento em 2011 de 2 milhões de francos suíços para Platini.

O procurador-geral suíço afirmou que a posição de Platini, ex-meia da seleção francesa, estava entre testemunha e acusado.

Blatter é presidente da Fifa desde 1998 e trabalha para a entidade há 40 anos. Iniciou como diretor técnico antes de se tornar secretário-geral sob comando do ex-presidente João Havelange, em 1981.

(Joshua Franklin e Simon Evans)

 
Presidente da Fifa, Joseph Blatter, e presidente da Uefa, Michel Platini, durante encontro em Bruxelas.   05/06/2008  REUTERS/Thierry Roge