Procuradoria espanhola pede prisão de Messi por fraude tributária

quinta-feira, 8 de outubro de 2015 10:54 BRT
 

MADRI (Reuters) - A procuradoria da Espanha pediu uma sentença de prisão de 22 meses para o jogador do Barcelona Lionel Messi em um caso de fraude tributária, de acordo com documentos do tribunal divulgados nesta quinta-feira.

Messi e seu pai, Jorge, foram ordenados a comparecer perante um tribunal para responder a acusações de fraude tributária na Espanha superior a 4 milhões de euros.

(Reportagem de Sonya Dowsett)

 
Atacante do Barcelona Lionel Messi em partida contra Athletic Bilbao. 23/08/2015 REUTERS/Joseba Etxaburu