Djokovic vence Nadal e conquista o Aberto da China

domingo, 11 de outubro de 2015 11:17 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - O número um do mundo Novak Djokovic deu continuidade à sua supremacia sobre Rafal Nadal ao vencer o espanhol na final do Aberto da China e ficar com o título do torneio pela sexta vez neste domingo.

O sérvio não mostrou piedade diante do número oito do mundo Nadal, que teve sua vida dificuldade no segundo set devido a um problema no pé, e venceu por duplo 6-2 no Centro Nacional de Tênis da capital chinesa. 

Djokovic agora tem sete vitórias contra Nadal nos últimos oito confrontos entre os dois, desde o Aberto da China de 2013, e está prestes a igualar o número de vitórias no confronto direto com o espanhol.

A dupla se enfrentou 45 vezes ao todo, e Nadal tem uma pequena vantagem de 23 vitórias contra 22 de Djokovic.

O espanhol, que tem enfrentado problemas físicos e pequenas lesões desde o ano passado, pediu tempo médico no começo do segundo set após machucar o tornozelo direito, mas prosseguiu na partida, apesar de aparentar visível desconforto.

Djokovic, por outro lado, se sentia bem em quadra e tinha completo controle do jogo. Ele quebrou o primeiro saque de Nadal na final e saiu de dois break points em seu saque no sexto game da primeira parcial.

O sérvio então quebrou Nadal mais uma vez e fechou o primeiro set em apenas 41 minutos, e depois só fez o simples para derrotar seu adversário fragilizado na segunda parcial.

Djokovic jamais foi batido no Aberto da China, vencendo 29 partidas consecutivas, seis títulos no total.

O tenista de 28 anos tem agora 56 títulos, oito deles conquistados neste ano, incluindo três Grand Slams (Aberto da Austrália, Wimbledon e Aberto dos EUA).

(por Julian Linden em Cingapura)