Ex-técnico do Everton Howard Kendall morre aos 69 anos

sábado, 17 de outubro de 2015 17:55 BRT
 

(Reuters) - O técnico mais bem-sucedido da história do Everton, Howard Kendall, que liderou o clube de Merseyside na conquista de dois títulos ingleses nos anos 1980, morreu neste sábado aos 69 anos.

"É com grande pesar que o Everton Football Club soube do falecimento de Howard Kendall", disse o Everton em um comunicado publicado em seu site.

"O mais bem-sucedido técnico da história do clube e um dos maiores jogadores a vestir a camisa do Everton. Ele morreu no hospital em Southport, nesta manhã, aos 69 anos, cercado por seus entes queridos".

Houve um minuto de aplausos em homenagem a Kendall antes da partida do Everton contra o Manchester United pelo Campeonato Inglês neste sábado.

Durante sua primeira passagem como treinador no Goodison Park, ele ajudou o Everton a sair das sombras de seus vizinhos mais ilustres do Liverpool e conquistar dois títulos ingleses, em 1985 e 1987, uma Copa da Inglaterra e a Taça dos Clubes Vencedores de Taças (1985).

Kendall começou sua carreira como zagueiro no Preston North End em 1963, antes de ser transferido para o Everton quatro anos depois.

Ele entrou para o Preston como aprendiz em 1961 e três anos depois, com apenas 17 anos e 345 dias, se tornou o jogador mais jovem a atuar em uma final da Copa da Inglaterra desde 1879.

Ele teve três passagens como técnico do Everton, sendo a primeira entre 1981 e 1987, quando conquistou seus principais títulos. Ele voltou para o clube, com menos sucesso, entre 1990 e 1993 e entre 1997 e 1998.

Kendall também foi treinador do Atlético de Bilbao, na Espanha, do Manchester City, do Xanthi, na Grécia, e ainda do Notts County e Sheffield United, encerrando sua carreira voltando à Grécia para treinar o Ethnikos Piraeus.

(Por Mike Collett e Martyn Herman)