Fifa confirma congresso e eleição presidencial em fevereiro

terça-feira, 20 de outubro de 2015 10:46 BRST
 

Por Brian Homewood

ZURIQUE (Reuters) - A Fifa confirmou nesta terça-feira que sua eleição presidencial será em 26 de fevereiro, como planejado, e prometeu tomar mais medidas em prol da transparência, em uma entidade abalado por escândalos de corrupção.

A eleição vai ocorrer durante um congresso extraordinário da Fifa em Zurique, que também votará sobre reformas importantes na entidade responsável pelo futebol mundial.

O anúnciou foi um choque para o presidente da Uefa, Michel Platini, já que um adiamento na eleição lhe daria mais tempo para apelar contra uma suspensão e então participar da votação para substituir o líder da organização, Joseph Blatter.

Blatter e Platini foram suspensos pelo Comitê de Ética da Fifa neste mês, dentro de um crescente escândalo de corrupção, à medida que o esporte enfrenta investigações criminais na Suíça e Estados Unidos.

O comitê executivo da Fifa concordou que a eleição irá ocorrer durante um Congresso extraordinário da Fifa em 26 de fevereiro, em Zurique, quando membros também irão votar sobre estatutos de reforma, informou a organização no Twitter.

O comitê também concordou em mudar um artigo do Código de Ética da Fifa, o qual atualmente permite que somente as decisões finais se tornem públicas.

 
Logo da Fifa visto na sede, em Zurique.  07/10/2015    REUTERS/Arnd Wiegmann