Neymar volta à seleção para enfrentar Argentina e Peru, Dunga chama quatro corintianos

quinta-feira, 22 de outubro de 2015 12:29 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O atacante Neymar voltou a ser chamado pelo técnico Dunga nesta quinta-feira para a seleção brasileira para os jogos contra Argentina e Peru, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, em uma lista que teve como surpresa o goleiro Cássio, do Corinthians, equipe que também teve outros três jogadores convocados.

Neymar desfalcou o time nas duas primeiras rodadas da competição, em que o Brasil perdeu do Chile e venceu a Venezuela, pois estava suspenso.

O Corinthians, líder do Campeonato Brasileiro, cederá quatro jogadores à seleção. Além de Cássio, também foram chamados o zagueiro Gil e os meias Elias e Renato Augusto.

"São jogadores experientes, já estiveram na seleção brasileira. Estão tendo um ano muito bom, é a valorização do futebol brasileiro. Isso demonstra para nós que não importa se joga no Brasil ou se joga na Europa, importa o rendimento e a qualidade desses jogadores", disse Dunga sobre a escolha dos jogadores do Corinthians em entrevista coletiva após anunciar a lista.

Além de ter no elenco quatro jogadores do Corinthians, a seleção também usará o centro de treinamento do clube paulista na preparação para a partida contra a Argentina, em Buenos Aires. A decisão representa uma mudança logística em relação à partida fora de casa contra os chilenos, para a qual o Brasil treinou no Chile antes da partida.

A Argentina deverá entrar em campo pressionada pelo mal começo na eliminatória e poderá não contar com seu principal astro, Lionel Messi, que tem uma lesão no joelho. Os argentinos perderam em casa na estreia da eliminatória para o Equador e empataram fora de casa diante do Paraguai.

"Com a Argentina é sempre uma guerra", disse Dunga. "Tem grande rivalidade, a gente tem que pensar que cada bola é uma decisão. Dessa vez não será diferente e teremos que nos superar para ter um bom resultado."

A equipe brasileira está na quinta colocação das eliminatórias, com três pontos. Três times, Uruguai, Equador e Chile, venceram suas duas partidas e somam seis pontos na liderança. O Paraguai, com quatro, está na quarta colocação.

Os próximos jogos do Brasil ocorrem em 12 de novembro, contra os argentinos, em Buenos Aires, e no dia 17 diante do Peru, em Salvador.   Continuação...

 
Técnico da seleção brasileira, Dunga, durante entrevista coletiva no Rio de Janeiro. 22/10/2015 REUTERS/Sergio Moraes