Chung Mong-Joon retira candidatura à presidência da Fifa

segunda-feira, 26 de outubro de 2015 10:30 BRST
 

ZURIQUE (Reuters) - O sul-coreano Chung Mong-Joon retirou nesta segunda-feira sua candidatura à presidência da Fifa por conta de uma suspensão imposta contra ele pelo Comitê de Ética da entidade responsável pelo futebol mundal.

"Por conta das sanções injustas do comitê de ética, perderei o prazo de 26 de outubro para apresentar minha candidatura", disse Chung em nota.

"É hora de retirar oficialmente minha candidatura para próximo presidente da Fifa", acrescentou.

(Reportagem de Joshua Franklin)

 
Sul-coreano Chung Mong-Joon durante evento em Seul.   03/09/2015   REUTERS/Kim Hong-Ji