Fàbregas nega relatos de desentendimento com Mourinho

terça-feira, 3 de novembro de 2015 09:13 BRST
 

(Reuters) - O meia do Chelsea Cesc Fàbregas negou ter desentendimentos com o técnico José Mourinho, acusando "certos indivíduos de fora" de tentaram desestabilizar o ambiente no clube, e negou relatos de que estaria liderando uma suposta revolta nos vestiários.

A rede BBC disse nesta semana que possuía informações de que um jogador titular do Chelsea preferia "perder do que ganhar" para o técnico e, nesta terça-feira, um blog de futebol nomeou Fàbregas como o jogador líder da revolta contra Mourinho.

"Gostaria de esclarecer que ao contrário de alguns relatos de sites, estou extremamente feliz no Chelsea e tenho um relacionamento excelente como técnico", escreveu Fàbregas nesta terça-feira em sua conta no Twitter.

"Pode haver certos indivíduos de fora tentando desestabilizar este clube e sinceramente acredito que iremos dar a volta por cima e voltar a ficar bem", acrescentou.

O Chelsea perdeu 6 dos 11 jogos da Liga Inglesa e está em 15º na tabela, mas os problemas de Mourinho nesta temporada não estão somente dentro do campo.

O técnico de 52 anos foi suspenso do estádio por uma partida e multado em 40 mil libras pela Associação Inglesa de Futebol por comentários feitos ao juiz durante a derrota por 2 x 1 para o West Ham United, em 24 de outubro, e está atualmente apelando contra uma multa de 50 mil libras por criticar juízes.

O Chelsea enfrenta o Dinamo de Kiev pela Liga dos Campeões na quarta-feira. Uma derrota significaria mais pressão sobre o português, que renovou com o clube em agosto por mais quatro anos.

(Reportagem de Simon Jennings)

 
Meia do Chelsea Cesc Fàbregas durante entrevista coletiva a jornalistas em Portugal.  28/09/2015
Action Images via Reuters / Matthew Childs
Livepic