Roma vence com pênalti controverso em dérbi boicotado pela torcida - RTRS

domingo, 8 de novembro de 2015 15:43 BRST
 

MILÃO (Reuters) - Um pênalti muito controverso encaminhou a vitória da Roma por 2 x 0 sobre a rival Lazio, em um clássico que foi boicotado pelos torcedores ultras dos dois lados em um protesto contra medidas de segurança, neste domingo.

Edin Dzeko cavou e converteu o pênalti para a Roma, apesar de a falta ter aparentemente acontecido fora da grande área, e Gervinho acrescentou o segundo, aos 18 minutos do segundo tempo, depois que os dois times acertaram a trave.

A Internazionale de Milão garantiu que terminará o fim de semana com pelo menos metade da liderança do Campeonato Italiano ao vencer o Torino, por 1 x 0, e a atual campeã Juventus virou contra o Empoli e venceu por 3 x 1, subindo para sétimo.

A Inter de Roberto Mancini, que conseguiu dar apenas dois chutes a gol e venceu graças a um gol de Geoffrey Kondogbia no primeiro tempo, venceu oito das 12 partidas na temporada, todas por vantagem de um gol, e marcou apenas 12 vezes.

A Inter tem 27 pontos, seguida pela Roma (26) e Fiorentina (24), que enfrenta a Sampdoria, fora de casa, ainda neste domingo.

O Estádio Olímpico estava cheio apenas pela metade para o dérbi, já que os torcedores da Lazio juntaram-se aos da Roma, em protesto.

Os torcedores mais linha-dura da Roma estão furiosos porque o serviço de defesa civil ordenou que a Curva Sud fosse dividida por medidas de segurança e disseram que a resposta do clube não foi dura o bastante. Como resultado, os dois lados do estádio estavam quase desertos.

Houve um pouco de drama no começo da partida quando Dzeko foi derrubado por Santiago Gentiletti e, apesar de os replays mostrarem que a falta foi cometida fora da área, o árbitro apontou à marca do cal, e o bósnio converteu o pênalti para marcar seu segundo gol na temporada.

Gentiletti levou o amarelo pela falta e escapou do cartão vermelho por ter derrubado Gervinho logo em seguida.   Continuação...