Real precisa reagir rapidamente para enfrentar o Barça

segunda-feira, 9 de novembro de 2015 12:21 BRST
 

Por Tim Hanlon

(Reuters) - O técnico do Real Madrid, Rafa Benítez, precisa que sua equipe recupere a melhor forma rapidamente para enfrentar o ataque implacável do Barcelona, depois de perder de 3 x 2 para o Sevilla.

A pressão só cresce para o experiente Benítez, no momento em que o Real dá sinais de falta de criatividade no ataque e fragilidade na defesa.

Na vitória de 1 x 0 sobre o Paris Saint Germain na Liga dos Campeões, na terça-feira, houve protestos da torcida, e a derrota de domingo, a primeira desta temporada, sem dúvida servirá para aumentar as críticas.

A próxima partida após a parada para jogos de seleções nacionais será contra o Barça em casa no dia 21 de novembro, e o rival catalão está no topo da tabela com três pontos de vantagem e animado pela vitóriade 3 x 0 sobre o Villarreal no domingo.

“Agora temos que ir recuperando jogadores (lesionados) para disputar o clássico”, disse Benítez em entrevista coletiva, segundo o jornal El País.

As estatísticas mostram que Cristiano Ronaldo não tocou na bola dentro da área contra o PSG e que no domingo tampouco participou muito, enquanto Gareth Bale, recém-recuperado de lesões, falhou nas definições.

A força e a disciplina tática de Benítez foram os motivos que levaram o presidente do Real, Florentino Pérez, a contratá-lo para esta temporada, mas a equipe facilitou muito para o rival na zaga.

“Fizemos 30 minutos muito bons e em seguida permitimos que o Sevilla reagisse e empatasse com bola parada. Fomos nos desconectando com o passar dos minutos”, reconheceu Benítez.

 
Cristiano Ronaldo durante derrota do Real Madrid contra o Sevilla, no estádio Ramón Sánchez Pizjuan. 09/11/2015 REUTERS/Marcelo del Pozo