Volta de Neymar e sua boa forma no Barcelona empolgam seleção para duelo com Argentina

segunda-feira, 9 de novembro de 2015 14:22 BRST
 

(Reuters) - A volta de Neymar à seleção brasileira e o bom momento vivido pelo jogador no Barcelona virou motivo de empolgação para os outros atletas brasileiros que se preparam para o maior clássico do continente, contra a Argentina, pelas eliminatórias para a Copa da Rússia em 2018, na quinta-feira.

Neymar ficou fora dos dois primeiros jogos do Brasil nas eliminatórias por conta de uma suspensão imposta pela Conmebol após uma expulsão na Copa América, mas ele está de volta ao time para os jogos contra Argentina, em Buenos Aires, e Peru, em Salvador. A equipe comandada pelo técnico Dunga perdeu na estreia das eliminatórias fora de casa contra o Chile, e venceu a Venezuela, em Fortaleza.

“A volta do Neymar, um dos melhores do mundo, nosso capitão e nesse momento em que ele está no clube, é sem dúvida muito bom para a seleção”, disse o zagueiro David Luiz na apresentação da equipe em São Paulo nesta segunda-feira.

No fim de semana, Neymar fez um belo gol na vitória do Barcelona por 3 x 0 sobre o Villareal, pelo Campeonato Espanhol. O astro brasileiro recebeu dentro da grande área e deu um chapéu em um zagueiro rival antes de finalizar para o gol.

“O zagueiro não tinha o que fazer. Apenas orado. Foi um golaço. Para mim foi normal; sabemos da capacidade do Neymar e do que ele é capaz. Acho que o melhor ainda está por vir”, acrescentou o zagueiro do Paris Saint Germain.

Se o Brasil terá a volta de Neymar, a Argentina, que ainda não venceu nas eliminatórias, não contará com sua principal estrela, o atacante Lionel Messi, companheiro de Neymar no Barça, já que o astro argentino se recupera de uma contusão.

“Eles não têm o melhor jogador deles, mas têm uma boa seleção, uma seleção que se conhece há muito tempo. Sabemos da qualidade deles”, disse o lateral-esquerdo Filipe Luís, que atua no Atlético de Madri, da Espanha.

O Brasil treina em São Paulo nesta segunda e na terça-feira à tarde. Na quarta, véspera do confronto contra os argentinos, a equipe treina pela manhã na capital paulista e viaja na tarde do mesmo dia para a Argentina.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

 
Neymar, do Barcelona, comemora gol marcado contra o Villarreal pelo Campeonato Espanhol, em Barcelona.08/11/2015 REUTERS/Albert Gea