Cristiano Ronaldo diz que não é esperto o suficiente para ser presidente da Fifa

segunda-feira, 9 de novembro de 2015 21:30 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Cristiano Ronaldo afirmou nesta segunda-feira que não é esperto o suficiente para se tornar presidente da Fifa um dia.

O atacante do Real Madrid e da seleção de Portugal estava em Londres para participar do lançamento de seu filme "Ronaldo", juntamente com Alex Ferguson, ex-técnico de seu antigo clube, o Manchester United.

"As pessoas que realmente me conhecem não vão se surpreender com o filme", ​​disse Ronaldo à Reuters.

O maior artilheiro do Real disse que não tem nenhum desejo de mudar para uma carreira na administração do futebol, em particular o cargo de presidente da Fifa, que será decidido em fevereiro após enorme controvérsia envolvendo o atual presidente, Joseph Blatter.

"Eu não sou tão esperto para ser presidente. Eu não me preocupo com isso ou sobre o que vai acontecer no meu futuro", disse Ronaldo.

"Acho que ainda sou capaz de jogar mais alguns anos, mas para o futuro eu tenho outros projetos que serão mais interessantes do que ser presidente."

O filme, feito pela equipe que realizou os documentários sobre o piloto Ayrton Senna e a cantora Amy Winehouse, mostra a carreira profissional de Ronaldo e momentos de ternura com seu filho.

"Você tem uma chance de ver o verdadeiro Cristiano", disse o agente de Ronaldo, Jorge Mendes.

 
Jogador Cristiano Ronaldo na pré-estreia do filme "Ronaldo", em Londres, nesta segunda-feira. 09/11/2015 REUTERS/Stefan Wermuth